A tecnologia como aliada no armazenamento do histórico do paciente

Um dos maiores desafios de toda instituição de saúde brasileira é o armazenamento do histórico do paciente. Segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM), prontuários, laudos e exames devem ser guardados por, no mínimo, 20 anos.

Esses documentos, fundamentais para as consultas médicas e que facilitam todo o processo de diagnóstico, possibilitam que os médicos tenham uma visão geral da saúde de cada paciente, como doenças prévias e tratamentos que já foram realizados. Continue lendo “A tecnologia como aliada no armazenamento do histórico do paciente”

Como aplicar o Big Data na área da saúde?

O big data na área da saúde é um conceito tecnológico que vem revolucionando o segmento. Entretanto, apesar de ter provocado um grande impacto, ainda é uma ferramenta pouco explorada pelos gestores.

No Brasil, a saúde é um dos setores em que o número de pessoas trabalhando com análise de dados é reduzido. No entanto, sabe-se que com o big data é possível usar informações que já estão disponíveis para conjecturar o futuro e, mais ainda, saber como lidar com ele. Continue lendo “Como aplicar o Big Data na área da saúde?”

Tecnologia na gestão hospitalar: veja as tendências para a área de TI

A tecnologia na gestão hospitalar deve ser trabalhada constantemente para oferecer uma assistência clínica de qualidade, com recursos diagnósticos e terapêuticos que facilitem o processo decisório.

Além disso, a inserção de ferramentas tecnológicas deve ser pautada na necessidade crescente de utilidade, aliada ao investimento financeiro necessário e as facilidades para incorporar essas funcionalidades no dia a dia. Continue lendo “Tecnologia na gestão hospitalar: veja as tendências para a área de TI”