Acreditações e certificações hospitalares: saiba o que são e conheça as principais

Todo estabelecimento da área da saúde, como hospitais, clínicas e centros de diagnóstico por imagem, tem um foco principal: a preocupação com o paciente. Oferecer um atendimento de qualidade deve estar sempre em primeiro lugar e isso é incontestável. Neste contexto, as acreditações e certificações hospitalares servem para confirmar para a sociedade que a sua instituição disponibiliza um serviço de excelência.

Por meio desses selos, há um atestado da qualidade e segurança, o que aumenta a sua credibilidade e garante um atendimento ainda melhor para todos os pacientes que buscam ajuda médica no estabelecimento. Assim, é possível conquistar um público maior e que está cada vez mais exigente, o que aumentam os lucros e o sucesso do negócio.

Neste artigo, falaremos um pouco mais sobre os certificados e acreditações, assim como as opções disponíveis no mercado. Acompanhe!

Acreditações e certificações: o que são e quais são as suas diferenças?

Apesar de serem confundidos, esses dois termos são bem diferentes. Começando pela certificação, ela indica que uma instituição passou por uma auditoria, a qual atesta que seus processos, produtos e sistemas de qualidade estão em conformidade com os requisitos preestabelecidos.

Nesse processo, o escopo analisado é definido pelo estabelecimento, ou seja, é a instituição de saúde que define quais os processos que serão avaliados e quais ficarão de fora.

Já na acreditação, as exigências são um pouco maiores. Ela tem um foco bem mais técnico e formal, com envolvimento de uma equipe científica e clínica na avaliação das auditorias, que ocorrem de forma mais específica.

Além disso, o escopo é definido pela Norma de Acreditação e não pelo estabelecimento de saúde, o que significa que todos os processos devem estar em conformidade e atingir a excelência.

Principais acreditações e certificações hospitalares: quais são elas?

Acreditações

Organização Nacional de Acreditação (ONA)

Essa é uma das mais importantes entidades brasileiras de acreditação. A ONA oferece três níveis de selos, os quais exigem aprimoramento na gestão, melhorias na qualidade assistencial, aumento da segurança para o paciente e também valorização da marca.

Acreditação Nacional Integrada para Organizações de Saúde (Niaho)

Com normas de segurança e gestão, a Niaho tem uma abordagem com foco em gerenciamento de riscos, proteção da saúde do paciente e avaliação rígida do corpo clínico atuante na instituição de saúde.

Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS)

Trata-se de uma organização mundial sem fins lucrativos, com o objetivo de otimizar a assistência à saúde por meio da utilização de tecnologias. Entre os requisitos para receber esse selo, por exemplo, está a implementação do prontuário eletrônico.

Certificações

ISO 9000

A ISO é a mais importante rede mundial de padronização. Reunindo mais de 140 países, no Brasil, ela é representada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Nas suas variações, que incluem a ISO 9000, 9001, 9004 e 9011, estão algumas orientações básicas para implementar sistemas de gestão, assim como diretrizes para auditorias e controle de riscos.

OHSAS 18001

Mais específica para área da saúde, a OHSAS 18001 tem foco em reduzir acidentes e doenças ocupacionais, melhorar condições de trabalho e o atendimento prestado ao paciente.

As acreditações e certificações hospitalares são fundamentais para que hospitais, clínicas e centros de diagnóstico por imagem comprovem, perante todos, que prestam um serviço em saúde de excelência. Investindo nesses selos, você colocará a sua instituição em um patamar mais elevado de qualidade, o que, com toda certeza, deve estar entre os seus objetivos.

Gostou do nosso post? Então compartilhe-o nas redes sociais para que todos os seus amigos da área da saúde conheçam a importância dos certificados e acreditações.