Confira 5 dicas para otimizar o atendimento na sua clínica

Um hospital de alto valor não investe somente em infraestrutura, organização e profissionais especializados, mas também promove uma ótima gestão do atendimento na clínica, otimiza seu tempo utilizando novas tecnologias, realiza pesquisas de satisfação e usa indicadores para auxiliar na organização dos consultórios.

Quer entender a importância de ter qualidade na recepção de pacientes? Então continue conosco e conheça as 5 melhores dicas para aprimorar o atendimento na sua instituição.

1. Qualifique o pessoal
Invista em capacitação dos profissionais, tanto dos que estão na recepção quanto dos médicos, enfermeiros e especialistas. Alinhe a comunicação e a forma de tratamento, promova oficinas para expor a missão e valores da clínica ou estimular a utilização de novas tecnologias, como uma nova versão dos prontuários eletrônicos, por exemplo.

Aproveite a oportunidade e dê espaço para tirarem dúvidas e exporem suas sugestões. E não esqueça: uma equipe qualificada é o ponto principal para ter um ótimo atendimento e garantir a satisfação dos pacientes.

2. Promova pesquisas de satisfação
Não adianta qualificar os profissionais, fazer um acolhimento personalizado e realizar a padronização dos processos se você não ouve sua clientela. Por isso, é importante promover uma pesquisa de satisfação com todos os atendidos para descobrir os pontos que devem ser melhorados em sua clínica.

Faça perguntas simples e diretas e deixe espeço para eles colocarem suas observações e sugestões. Depois de realizar a pesquisa, é importante ler todo o questionário para conhecer os pontos negativos e positivos colocados.

3. Faça um atendimento humanizado
Uma das críticas mais comuns entre os pacientes é a falta de humanidade dos profissionais de saúde e recepcionistas das clínicas. A falta de contato olho a olho e o desinteresse em ouvir os problemas leva a cada dia à desumanização e frustração no atendimento.

Ao humanizar a recepção, os profissionais se aproximam e estabelecem um relacionamento próximo aos pacientes, além de contribuir para um diagnóstico mais personalizado.

Leia também: Quais são as habilidades que uma recepcionista de consultório precisa ter?

4. Use tecnologias
As tecnologias também são ótimos instrumentos para aprimorar a recepção nos estabelecimentos médicos. Alguns aplicativos permitem a organização de prontuários, marcação e agendamento de consultas e, além disso, alguns softwares favorecem a segurança das informações.

A telemedicina e laudos eletrônicos, por exemplo, são inovações que têm ajudado a otimizar os processos nos hospitais e contribuído para a satisfação dos pacientes.

5. Padronize os processos
A padronização e uniformização dos processos também colabora para um bom acolhimento médico. Essa técnica permite que as rotinas sejam realizadas de forma preestabelecida e sequenciada, o que evita desvio de qualidade e desorganização no atendimento.

Depois da padronização será necessário utilizar indicadores para uma visão clara do desempenho. Assim, é importante fazer o levantamento de dados e observar as métricas utilizadas durante a consulta. Os indicadores de desempenhos mais relevantes para uma clínica são:

Tempo médio de atendimento
Média de minutos gastos durante as consultas. Um tempo baixo pode significar uma consulta superficial e pouco humanizada. Já uma média alta contribui para o aumento da espera pela consulta.

Taxa de cancelamento ou não comparecimento
A análise dessa taxa permite compreender falhas durante o agendamento ou até se as consultas são bem-sucedidas.

Horário de maior incidência de pacientes
Permite conhecer os horários que mais recebem pacientes. Com essa taxa, a clínica poderá organizar sua equipe médica para que se encontrem disponíveis nos horários de maior movimento.

Essas foram as 5 dicas mais importantes para realizar uma ótima gestão de atendimento em sua clínica. Após implementar essas alternativas, você deverá ainda utilizar indicadores de desempenho para acompanhar os resultados e auxiliar na administração hospitalar.

Gostou dessas dicas sobre gestão do atendimento na clínica e indicadores de atendimento? Então nos siga nas redes sociais continue informado sobre gestão hospitalar. Estamos no Facebook, Twitter, LinkedIn e Instagram.