Vazamento das informações do paciente: você sabe como evitar?

Toda instituição de saúde tem o dever de prezar pelo sigilo dos seus dados e, com o avanço da tecnologia e dos sistemas informatizados, se preocupar com ameaças cibernéticas e evitar o vazamento das informações do paciente é ainda mais necessário.

Nesse contexto, manter a segurança quanto às redes de computadores torna-se um desafio para clínicas e hospitais, visto que dados valiosos ficam armazenados em um mesmo local e são extremamente atraentes para a prática do roubo.

Para ajudar o seu estabelecimento de saúde a preservar tais informações, separamos, neste artigo, algumas dicas eficientes para tornar o seu sistema mais seguro. Continue a leitura e descubra quais são elas!

Quais são os impactos dessas informações caírem em mãos erradas?

Antes de conhecer as nossas dicas, é importante saber qual é a dimensão de um roubo de dados em clínicas ou hospitais.

Quando as informações cadastrais, clínicas ou até mesmo de cartões de crédito dos seus pacientes vazam, pessoas mal-intencionadas podem utilizá-las para fins ilícitos ou até mesmo chantagear a sua instituição para que elas não sejam divulgadas.

Além disso, ataques cibernéticos destrutivos podem gerar um verdadeiro colapso nos sistemas, comprometendo os dados e paralisando por completo as operações. Isso afeta os processos que precisam ser realizados para o bom funcionamento da instituição e, por isso, trabalhar com a prevenção dessas situações é primordial.

Como evitar o vazamento das informações?

Utilize a validação dupla

Um sistema de verificação em duas etapas é uma medida de segurança recomendada para todas empresas, inclusive instituições de saúde. Com ela, um número de celular é cadastrado para receber códigos por SMS cada vez que um novo acesso se inicia. Assim, é possível evitar que hackers invadam a sua conta e provoquem o vazamento das informações do paciente.

Eduque os seus profissionais

Para criar uma política de boas práticas de segurança na instituição, é preciso contar com todos os colaboradores. Por isso, invista na educação dos funcionários, reforçando medidas de prevenção de riscos aos quais eles estão expostos e os cuidados com equipamentos eletrônicos individuais.

Trabalhe com bons fabricantes e fornecedores

Para ter certeza de que os sistemas e os recursos que você utiliza na sua instituição de saúde são seguros e qualificados, é preciso contar com fabricantes e fornecedores de confiança.

Por isso, antes de contratar qualquer serviço de informática, como os de imagens radiográficas, verifique se essas empresas cumprem os requisitos mais recentes de segurança.

Qual a importância de optar por um software seguro?

Um software com sistema de senhas e logins individuais, além de ferramentas de criptografia, anonimização ou mascaramento, é indispensável para preservar a segurança dos dados do seu estabelecimento.

Por isso, invista em um bom sistema para a sua empresa, que se adapte às suas necessidades e também garanta que você estará protegido de ataques cibernéticos. Assim, os dados sigilosos da instituição estarão preservados e o vazamento das informações do paciente será uma situação que você não precisará enfrentar.

E aí, gostou do nosso post? Então, aproveite e descubra agora como um prontuário eletrônico pode otimizar o seu atendimento. Vamos lá?