4 dicas para otimizar o agendamento de pacientes na sua clínica

Otimizar o agendamento de pacientes é uma tarefa fundamental para toda instituição de saúde. Essa ação, além desse ser o primeiro contato que o seu cliente faz com a clínica, vai definir quanto tempo ele terá que esperar na recepção para ser atendido.

Ademais, melhorias na marcação de consultas também são benéficas para o trabalho de todos os profissionais do estabelecimento, o que eleva o nível de qualidade do atendimento prestado de forma integral e influencia diretamente na satisfação dos pacientes.

Precisa de algumas dicas para otimizar o agendamento na sua clínica? Separamos 4 delas para você. Continue acompanhando para conferir!

1. Conte com um software online para marcar as consultas

Utilizar um software com agenda online é uma das melhores formas de otimizar o agendamento de pacientes na sua clínica.

Essa ferramenta, que facilita todo o processo de encontrar horários vagos na agenda, mostra como a marcação de consultas realizada apenas pelo telefone já é algo ultrapassado.

Por meio de um software online, o paciente pode agendar consultas a partir de qualquer lugar, via smartphone, tablet ou computador. Prático e fácil!

Além disso, o profissional tem acesso a essa plataforma, o que permite que ele se organize quantos às consultas e aos locais de atendimento, caso trabalhe em mais de uma instituição.

Leia também: Agendamento online: conheça 5 benefícios para a clínica

2. Defina um tempo médio para as consultas

Um dos principais motivos de atrasos nas clínicas e nos estabelecimentos de saúde é a variação no tempo de atendimento dos pacientes.

Definir quantos minutos deve durar cada consulta e manter o controle sobre a situação, para que o atendimento não extrapole os limites estipulados, é indispensável para que a agenda funcione como o planejado.

Deixar um paciente esperando na recepção por muito tempo é uma das causas para que ele não volte a procurar um profissional.

Por esse motivo, separe um dia para verificar quanto tempo dura cada consulta e faça uma média, que deve ser usada como intervalo entre cada horário disponível na agenda.

Não se esqueça de pensar alguns minutos a mais para que os profissionais possam fazer atividades como ir ao banheiro ou organizar o consultório.

3. Integre as agendas dos profissionais da clínica

Se a sua clínica tem mais de um profissional para cada especialidade, integrar a agenda deles pode ser uma boa ideia.

Com essa medida, é possível prevenir a sobrecarga sobre um deles, equilibrando a agenda de forma que todos tenham uma média de consultas diárias semelhante. Isso também evita que o paciente precise aguardar semanas ou até meses para ser atendido.

4. Confirme as consultas previamente

O não comparecimento às consultas médicas é um dos problemas com os quais as instituições da saúde precisam lidar. Muitas vezes, os pacientes acabam se esquecendo da data agendada, principalmente quando ela foi marcada para um dia muito distante.

Por isso, ter um sistema de confirmação de consultas, como um software que envia e-mail ou SMS, é uma ótima maneira de evitar que horários da agenda sejam perdidos e não possam ser abertos para outros pacientes.

Utilizar um software é, portanto, uma das melhores opções para otimizar o agendamento de pacientes. Já pensou em contratar um sistema desses para a sua clínica?

Entre em contato conosco agora mesmo para adquirir um software e usufruir de todos os seus benefícios!