Conheça os principais indicadores de desempenho na área de saúde!

Como saber se a clinica está no caminho certo? A resposta é simples: conhecendo os principais indicadores de desempenho na área de saúde e colocando-os em prática. Afinal, como você fará uma boa gestão se não sabe o que precisa ser melhorado?

Também conhecido pela sigla em inglês KPIs (Key Performance Indicators), os indicadores são aliados dos gestores e contribuem para mapear a saúde de um negócio. É até irônico imaginar que alguém que trabalha na área de saúde não sabe se a clínica “corre risco de vida”, não é verdade?

Para você que se viu nessa situação, não se preocupe: nós vamos apresentar os principais números a serem gerenciados pelos hospitais, centros radiológicos, centrais de laudos e clínicas. Confira!

Novos pacientes adquiridos

Umas das melhores formas de analisar como o nome da sua clínica é visto pela população é calculando o número de pacientes adquiridos no período. Quando essa taxa é crescente, você deve mapear as ações que estão fazendo sucesso e mantê-las.

Esse é o termômetro da sua clínica e da sua equipe. Quando os números são negativos, isso indica que existe falha na gestão e que um marketing negativo, provavelmente boca a boca, está acontecendo. Lembre-se que o paciente é a razão de ser da clínica e, portanto, é fundamental entender seu comportamento.

Taxa de absenteísmo

Esse é o terror de muitos gestores. Diferentemente das empresas de outros setores, a taxa de absenteísmo na área da saúde é a relação de quem marca consulta e não comparece (nos demais locais, representa a ausência do trabalhador nos postos de trabalho).

Como você já deve imaginar, o absenteísmo tem impacto direto nas suas atividades, pois compromete o fluxo produtivo e diminui a lucratividade. Uma boa dica para melhorar esse indicador é criar lembretes de confirmação das consultas, seja via SMS, WhatsApp, ligação ou e-mail. A melhor forma vai depender do seu público, levando em consideração fatores como faixa etária e perfil profissional.

Retorno sobre investimento

Conhecido pela sigla ROI, o retorno sobre o investimento é um mapeamento dos resultados obtidos a partir das ações realizadas. Não adianta sair aplicando dinheiro na clínica se você não sabe de onde está vindo o lucro e o prejuízo, não é verdade?

Pegando o indicador anterior como exemplo, imagine que foi implementada uma ação para atrair novos pacientes. O aumento deste indicador não é o suficiente para dizer que o ROI foi positivo, visto que é necessário que essa atração leve uma diferença significativa para a empresa.

Fluxo de caixa

organização financeira é indispensável para uma clínica que deseja despontar como uma das melhores no mercado. A administração do fluxo de caixa passa pelo registro de todos os recebimentos e todos os pagamentos previstos.

Esse indicador vai contribuir para o planejamento das ações futuras de entradas e saídas, pois ele informa se você vai conseguir cobrir todos os custos fixos da sua clínica e se será possível fazer investimentos.

Produtividade

É um dos principais indicadores da gestão de pessoas. Ele envolve desde as pessoas que trabalham com atendimento ao cliente até as funções de suporte. A produtividade é uma quantificação da relação entre o esforço do empregado x produtos e serviços gerados.

Com essas informações, sua clínica poderá melhorar o serviço prestado e otimizar o atendimento oferecido. Para garantir que o indicador esteja dentro do esperado, é preciso descobrir quais são as barreiras da produtividade, agir de forma corretiva e controlar os procedimentos internos.

Depois que começar a acompanhar a saúde da sua clínica por meio dos números, pode ter certeza que os resultados vão melhorar. Mesmo que de trabalho, é muito mais fácil agir com indicadores ao seu lado do que gerenciar pela intuição.

Se você sabe de alguém que precisa conhecer os indicadores de desempenho na área de saúde ou quer mostrar que sua clínica é referencia em gestão, não perca tempo! Compartilhe este post agora mesmo em suas redes sociais.