Gestão de estoque: como a informatização auxilia uma clínica médica?

A informatização tem facilitado a vida de diversos setores, inclusive na área da saúde. Por meio de softwares de tecnologias, é possível administrar melhor as clínicas, organizar consultas e realizar uma gestão de estoque de suprimentos eficiente.

Neste post, você vai entender como a informatização pode auxiliar na gestão de estoque dentro da clínica médica, além de conhecer algumas medidas para torná-la mais eficaz.

O que é informatização de clínicas?

A informatização vem auxiliando diversos setores econômicos a tornarem a administração das instituições mais eficientes. Por meio dela, os relatórios e documentos responsáveis por organizar o fluxo das atividades são digitalizados e armazenados em softwares de gerenciamento de clínicas.

Os benefícios da informatização são inúmeros e vão desde a centralização dos históricos médicos, dos estoques e de fornecedores, até o aumento de produtividade e segurança.

Qual a importância de realizar controle de estoque?

O controle de estoque é um elemento importante para a realização dos procedimentos em uma clínica. Por meio dele é possível gerir os suprimentos, organizar a demanda pelos produtos, planejar o reabastecimento e diminuir os custos.

Leia também: Gestão de clínicas: 4 dicas que vão potencializar seu trabalho

Sendo assim, a falta de organização e controle do estoque, pode fazer com que materiais e equipamentos necessários para os procedimentos não estejam disponíveis no momento do atendimento ou que o reabastecimento seja feito de maneira incorreta, gerando gastos desnecessários, fatores que diminuem a excelência e qualidade da clínica.

Por isso, conheça agora mesmo 4 medidas para melhorar a gestão do estoque de sua clínica:

1. Analise a demanda dos produtos

O primeiro passo para ter uma gestão de estoque eficiente é analisar quais produtos são mais ou menos utilizados pelo consultório e planejar sua reposição de forma adequada.

Para isso, liste os materiais regularmente utilizados e coloque-os em uma planilha com informações sobre a quantidade necessária por mês, os possíveis fornecedores e a prioridade de compra.

Depois disso, registre quanto tempo leva para que cada tipo de material seja consumido e crie um plano de abastecimento para cada um deles. Isso irá evitar que os recursos acabem antecipadamente.

2. Faça inventário periodicamente

Depois de fazer a análise da demanda dos produtos mensalmente e registrar quanto tempo levam para serem consumidos, será necessário realizar um inventário periodicamente. Com esta iniciativa, é possível controlar as entradas e saídas do estoque, observar se existem perdas e estabelecer ações para diminuir os desperdícios, além de organizar a demanda e a reposição de aparelhos essenciais e/ou utilizados com frequência.

A recomendação é inventariar os produtos de maior valor mensalmente e os de valor médio ou pequeno a cada bimestre ou semestre. Com esse sistema será possível compreender melhor o fluxo de consumo do estoque.

3. Tenha um cadastro com fornecedores

Para que seu consultório não fique dependente de apenas um fornecedor é preciso fazer um levantamento dos que têm as melhores ofertas, produtos e condições de entrega.

Esse banco de dados auxiliará na escolha do melhor produto e preço no momento das compras recorrentes, além de ser um ótimo recurso para momentos de imprevistos com um ou outro fornecedor.

4. Adquira um software de gestão

Um bom software de gestão permite automatizar diversos processos de uma clínica, melhorando sua produtividade e agilidade no atendimento. Entre as funcionalidades de alguns desses sistemas estão a criação de relatórios, administração de estoque e emissão de laudos. Também é possível acompanhar demanda das clínicas e saber o momento certo para realizar a reposição de materiais indispensáveis ao atendimento.

Para concluir, devemos deixar claro que a informatização do estoque de clínicas médicas é um elemento fundamental para organizar e melhorar o atendimento, resultando em uma clínica melhor administrada e pacientes mais satisfeitos.

Quer saber mais sobre automatização dos processos em clínicas médicas? Então baixe nosso e-book e entenda como melhorar a produtividade em seu consultório.