A inteligência artificial pode reduzir custos na clínica médica?

Reduzir custos na clínica médica por meio da inteligência artificial pode parecer desafiador para os gestores que ainda mantêm um sistema rudimentar de processos organizacionais e uma análise de custos por planilhas de computador.

Soma-se isso ao fato de muitos alegarem falta de recursos financeiros ou de pessoal qualificado para a implantação dessa estratégia. No entanto, o que muitos administradores desconhecem são as aplicações da inteligência artificial.

Por isso, se você se enquadra em uma das situações, conheça, a seguir, as principais ferramentas para reduzir custos! Continue a leitura e confira!

Armazenamento de dados na nuvem

A inteligência artificial é a instalação de softwares para organização e armazenamento de dados clínicos, medicamentosos e laboratoriais dos pacientes. Também tem serventia para a avaliação econômica dos processos gerados.

Uma das grandes aplicações da inteligência artificial, atualmente, é a redução de custos mediante o armazenamento de informações clínicas na nuvem. Esse recurso possibilita a transferência de dados para outros dispositivos, já que as informações podem ser acessadas por computadores diferentes do utilizado como servidor.

A guarda de informações na nuvem diminui os custos das operações na clínica médica, na medida em que não necessita de recursos adicionais para expansão da memória dos computadores utilizados.

Leia também: Diagnóstico feito por Inteligência Artificial, é assertivo?

Geração eficiente de diagnóstico

A inteligência artificial permitiu o avanço na medicina diagnóstica. Por meio de técnicas menos invasivas, mais sensíveis e específicas, atualmente, é possível detectar anormalidades em estágio inicial.

Além disso, com a modernização dos equipamentos e dos investimentos em pesquisa laboratorial, consegue-se avaliar o perfil bioquímico e genético e predizer o aparecimento de doenças com pequenas gotas de sangue.

Dessa forma, a adoção de medidas profiláticas garantirá a diminuição dos efeitos clínicos indesejados e o aumento da sobrevida dos pacientes que apresentam condições de saúde até então consideradas de difícil tratamento.

Aumento da produtividade dos serviços

Uma instituição clínica que adota recursos tecnológicos perceberá os benefícios dessa implantação em curto prazo, e um deles é o aumento da produtividade.

Isso porque a informatização do consultório diminui o tempo de preenchimento manual das informações pelos médicos, além de reduzir impressos e integrar dados clínicos e laboratoriais do paciente.

Exemplo disso é a implantação do prontuário eletrônico do paciente, situação que agiliza a consulta médica e possibilita a visualização dos exames laboratoriais e radiológicos, mostrando um panorama completo da situação clínica do indivíduo.

Com isso, o número de pacientes atendidos aumenta, assim como a demanda de profissionais clínicos, elevando a produtividade das atividades sem alterar a qualidade da assistência prestada.

Inserção de novas atividades

Devido aos avanços científicos e à modernização do parque tecnológico das instituições de saúde, houve uma ampliação dos serviços clínicos do ponto de vista terapêutico.

Nesse sentido, foram inseridos serviços ambulatoriais menos complexos, com efetividade reconhecida e maior satisfação do paciente. Esse é o caso de aplicações a laser para o ressecamento de microvarizes ou da utilização de sondas acopladas a microcâmeras que detectam e desfazem microtrombos nos vasos sanguíneos.

A expansão de novos serviços é uma necessidade crescente para as instituições de saúde que almejam um aumento da produtividade aliado a ferramentas que garantam eficácia e redução de custos em longo prazo.

Reduzir custos na clínica médica é um desafio constante para os gestores. Isso porque é preciso pensar em estratégias interessantes do ponto de vista clínico e gerencial. É nesse contexto que se enquadra a inteligência artificial, com propostas para o aumento da produtividade, a inserção de novos serviços, dentre outras possibilidades.

Para isso, é preciso que você também atualize os conhecimentos, então, aproveite e leia nosso conteúdo sobre o mercado de saúde e tecnologia e descubra o que vem por aí! Vamos lá!