4 dicas de marketing médico para otimizar o seu trabalho

É comum que profissionais da saúde enfrentem alguma resistência para investir em propaganda e divulgação.

O próprio CFM estipula regras rígidas, mas isso não quer dizer que você não deva divulgar o seu trabalho. Para quem deseja sucesso no setor, seguir algumas dicas de marketing médico para otimizar o trabalho é fundamental.

O fato é que você pode aproveitar a própria normatização para ter boas ideias e estipular ações eficazes, que confiram autoridade e credibilidade à sua atuação profissional.

Quer descobrir como fazer isso? Então confira as 4 dicas de marketing médico que preparamos para você!

1. Baseie-se no código de ética

Como dissemos, o próprio código de ética estipula regras para o marketing médico. No entanto, mais do que uma limitação, essa normatização pode servir de norte para as suas estratégias.

Você não pode, por exemplo, fazer propagandas sensacionalistas ou divulgar os preços dos seus serviços. Porém, praticamente tudo o que você fizer para elucidar dúvidas e disseminar conteúdo científico é bem aceito e até estimulado.

Entrevistas esclarecedoras e páginas na internet com conteúdo relevante sobre a área de saúde são excelentes alternativas para esse tipo de publicidade.

2. Tenha um bom website

Ter um bom website é fundamental em praticamente todas as áreas de atuação. E o cenário não é diferente quando pensamos em saúde.

Esse tipo de página funciona como uma espécie de endereço virtual, que serve não apenas para divulgar, mas também para mostrar que você efetivamente é um profissional sério.

Além de escolher um layout sóbrio e simples, você precisa pensar nas informações que serão divulgadas. É muito importante disponibilizar nesse canal todas as suas formas de contato (telefone, e-mail, endereço da clínica).

Além disso, não se esqueça de divulgar as suas especialidades (é permitido o limite de duas por profissional) e também o número de registro de CRM. Conteúdos relevantes também são muito bem-vindos.

3. Utilize as redes sociais a favor do marketing médico

As redes sociais continuam em franco crescimento em todo o mundo, e isso as torna um excelente lugar para que você se aproxime do público.

Por meio dessas mídias, com muita seriedade e estratégia, você pode sanar dúvidas, compartilhar artigos e reportagens sobre a área da saúde e divulgar as suas informações profissionais.

Uma fanpage no Facebook, que é o site mais popular do gênero, pode ser um bom local para um contato mais próximo com as pessoas. Já uma conta no Instagram pode funcionar para a publicação de fotos e vídeos sobre temas relevantes. Não se esqueça também do LinkedIn, que aumenta o seu networking e possibilita bons contatos profissionais.

4. Invista no bom atendimento

Por fim, não dá para desenvolver excelentes estratégias de marketing médico se você não oferecer um bom atendimento para os seus pacientes.

Comece treinando bem os seus funcionários e estimulando uma agenda organizada, que ajuste todos os horários disponíveis e não faça com que as pessoas esperem demais por suas consultas.

Invista também na estrutura da clínica, mais notadamente na sala de espera. Um bom ar condicionado é indispensável em um país quente como o Brasil. Cadeiras confortáveis, revistas atualizadas e água gelada disponível são outras ações que ajudam a ganhar a simpatia do público e favorecem a propaganda boca a boca.

Essas foram as nossas 4 dicas de marketing médico para você otimizar o seu trabalho. Gostou do conteúdo? Conte a sua opinião nos comentários!

cta_newsletter