Entenda como aperfeiçoar a gestão financeira da sua clínica

Para realizar uma boa gestão financeira da sua clínica, você precisa vê-la como uma empresa e não apenas como um local de atendimento. Para que seja bem administrada, é necessário saber tudo o que acontece por ali, especialmente nas partes administrativa e financeira.

Mas, para que isso não aconteça com a sua clínica, vamos te passar agora algumas das melhores dicas para que você consiga gerir esse patrimônio com mais facilidade. Vamos ver quais são elas!

1. Registre tudo

Colocar tudo na ponta do lápis é algo essencial para o bem-estar de qualquer empresa. Todas as informações do que entra e sai estão armazenadas no fluxo de caixa. Por mais irrisório que seja o gasto, ele precisa ser anotado: clips de papel, um pacote de folhas de ofício, absolutamente tudo.

Mas, pra que fazer isso? Como você saberá se está levando lucro ou prejuízo no final do mês se não fizer essas contas? É justamente para isso que o fluxo de caixa serve, para saber se a sua clínica fechou um determinado período no azul ou no vermelho.

2. Busque mais conhecimento na área

Conhecimento é sempre bem-vindo, e se capacitar um pouco mais para conseguir fazer uma melhor gestão da sua clínica impacta diretamente os lucros e a qualidade dos serviços. Portanto, invista em cursos na área.

O universo da gestão financeira é cheio de detalhes que fazem toda a diferença na administração da clínica, portanto, é preciso se especializar também nesse assunto para oferecer o melhor serviço. Existem muitos cursos bons por aí, inclusive online, que você pode assistir em casa, na hora que for melhor para você.

3. Projete gastos e lucros

Pense a longo prazo. Quando se trata de uma empresa, você precisa pensar no futuro e analisar quanto será investido nela e qual será o retorno. Com isso você conseguirá saber, por exemplo, qual setor da sua clínica gera mais lucro, qual gera maior gasto e se é possível fazer mudanças para que os custos tornem-se menores com o passar do tempo.

4. Contrate um bom consultor ou contador

A ajuda de um profissional no assunto é muito valiosa para manter a saúde financeira do seu consultório. Saber delegar tarefas também é uma qualidade que um bom gestor deve ter. A burocracia pode tomar bastante do seu tempo e, para fazer uma boa contabilidade da empresa, também é necessário entender sobre algumas leis.

Não saber ao certo o que está fazendo pode gerar muita dor de cabeça porque, por mero descuido, o nome da sua clínica pode parar na Receita Federal e, para resolver o problema, será necessário pagar multas. Um custo que poderia ter sido evitado.

5. Invista em tecnologia

Adquirir um serviço de software de gestão para a clínica é essencial. Muitos dos processos que a sua equipe fazia manualmente podem ser realizados de forma automática utilizando o software.

Ele consegue construir gráficos, estimativas e cruzar dados para que você tenha uma visão ampla de como está a saúde financeira do estabelecimento de saúde. Assim, você economiza muito tempo e aumenta a produtividade

Agora que você já sabe um pouco sobre como realizar uma melhor gestão financeira da sua clínica, compartilhe essas informações com seus amigos nas redes sociais!

cta_newsletter