Laudo a distância: tire aqui suas dúvidas!

A medicina digital é a grande aposta para o futuro da profissão. Graças ao avanço tecnológico e à qualidade dos serviços dos meios de comunicação, essa solução cresceu muito nos últimos anos.

Uma das vantagens da telemedicina é a emissão do laudo a distância. Essa é uma maneira precisa e econômica de gerar laudos de exames sem a necessidade de dispor de mão de obra especializada, laboratórios e equipamentos para processar ultrassonografias e radiografias, por exemplo.

A iniciativa existe desde os anos 90, quando começou a ser desenvolvida em um programa da NASA (National Aeronautics and Space Administration – Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço), para levar atendimento médico a regiões com carência de profissionais ou estrutura.

Continue lendo e esclareça agora mesmo suas principais dúvidas sobre essa tecnologia:

O laudo a distância é regulamentado?

A Associação Americana de Telemedicina (ATA) é responsável pela regulamentação da telemedicina. É um setor que está crescendo em muitos países, como Estados Unidos, Arábia Saudita, Líbano, Jordânia, Emirados Árabes e França.

O órgão é reconhecido pelos conselhos de medicina e por várias leis nacionais, inclusive no SUS.

Como se dá o envio dos laudos?

O envio dos laudos de exames é um ponto fundamental para a agilidade das consultas de retorno e para os diagnósticos. A rapidez nesse processo é essencial para a satisfação do paciente.

Com os laudos a distância, você não depende da entrega dos exames via correio, motoboy. Dessa forma, os custos de uso e manutenção são otimizados.

É possível optar pela terceirização dos laudos?

Essa é uma das maiores estratégias para otimizar os laudos, principalmente em clínicas médicas onde a atividade diária é corrida. O serviço fica simplificado e o paciente pode receber os resultados do exame com um tempo ainda menor. Vale a pena investir nessa tendência.

Como funciona o armazenamento dos resultados?

As clínicas de saúde têm como desafio diário abastecer, organizar e controlar uma grande base de dados, com históricos médicos, descrições de doenças e consultas. Com o laudo a distância, os exames já são salvos como documentos eletrônicos, o que facilita o armazenamento dos resultados na nuvem e agiliza o acesso ao histórico do paciente.

Além disso, o processo também torna mais fácil compartilhar esse histórico médico com outros profissionais, quando necessário.

E quais as vantagens do laudo a distância para os pacientes?

Para os pacientes, a tecnologia reduz o tempo de espera entre a realização dos exames e a obtenção do laudo. Também é mais confortável ter a possibilidade de acessar o resultado dos exames sem sair de casa, o que é especialmente importante no caso de pessoas com dificuldade de locomoção, como idosos e gestantes.

Nesse sentido, processos complexos, longos, repetitivos e a falta de ferramentas para automatizar o fluxo de trabalho, acabam se apresentando como empecilhos que dificultam o dia a dia dos médicos. É importante sempre se manter informado sobre serviços que aumentam a produtividade das clínicas, como é o caso do laudo a distância.

Quer conhecer outras vantagens? Baixe o nosso e-book para aprender como aumentar a produtividade ao laudar!