Aprenda como automatizar processos em consultórios médicos

O processo de automatização dos consultórios médicos gera vantagens diretas para o estabelecimento de saúde, tais como redução de custos com procedimentos manuais, diminuição de resíduos gerados, segurança dos dados do paciente, dentre outras.

Também são perceptíveis os benefícios para os pacientes, pois as atividades clínicas tornam-se organizadas, fáceis de inserir dados laboratoriais e acessar informações sobre o paciente, garantindo, assim, uma assistência personalizada e rápida.

Porém, muitos gestores ainda ficam receosos sobre a relevância da automatização, alegando que o processo pode ser demorado e dificultado pela resistência dos colaboradores. Veja o nosso post de hoje e aprenda como automatizar processos em consultórios médicos!

Escolha o melhor software para os consultórios médicos

Escolher o melhor software significa adquirir o sistema mais adequado à rotina dos consultórios médicos. Por isso, deve-se considerar os serviços que são ofertados, o porte do estabelecimento de saúde, o número de funcionários que utilizarão o sistema e o custo para implantação.

Posteriormente, é importante fazer uma análise pormenorizada dos principais softwares disponíveis no mercado, procurar referências sobre a aplicabilidade e os custos gerados. Também é fundamental uma avaliação das condições de desempenho dos computadores, além dos custos de manutenção do sistema em longo prazo.

Defina uma política de implantação com os gestores

Após escolher o software a ser implantado, é preciso programar adequadamente as etapas. Inicialmente deve-se fazer reuniões com os gestores dos diferentes setores, explicar como será o processo de inserção da nova tecnologia e solicitar o levantamento do número total de colaboradores.

Outro fator a ser observado é o nível de conhecimento de informática dos funcionários e o tipo de atividade a que eles terão acesso no sistema. Feito isso, inicie o processo de implantação gradativamente entre os setores com menor número de funcionários e vá expandindo até a finalização.

Avalie as principais dificuldades encontradas no primeiro setor e obtenha soluções antes de iniciar o processo em outras áreas.

Faça treinamentos eficientes com os colaboradores

Para automatizar consultórios médicos, é importante sensibilizar a equipe operacional e clínica. Mostrar os benefícios tais como agilidade nos processos clínicos, emissão de relatórios seguros e confiáveis, uso de senha pessoal para acessar o sistema, dentre outros.

É fundamental fornecer todas as informações para a equipe, incentivar o comprometimento e engajamento em prol do benefício para todos.

Avalie os resultados em curto, médio e longo prazo

Após a implantação dos sistemas, é crucial acompanhar o andamento das atividades. Para isso, selecione os melhores indicadores de desempenho que possam mostrar um diagnóstico da situação.

É recomendável que se faça uma avaliação após três meses de automatização do sistema a fim de verificar os pontos que possam comprometer a efetividade de futuras ações. Nesse momento, é importante observar a aceitabilidade da equipe de colaboradores para identificar a necessidade de mais treinamentos ou a inserção de estratégias motivacionais.

E por último, compare os resultados da implantação após um ano de funcionamento. Analise a redução de custos relacionados ao preenchimento manual de formulários, diminuição de resíduos gerados, dentre outros.

A automatização de processos em consultórios médicos é uma estratégia gerencial eficiente se for bem implantada e conduzida adequadamente pelos gestores. Considerando as etapas mencionadas no texto, é possível guiar os passos para automatizar sem muitos traumas.

Se você se convenceu que a automatização é uma ferramenta clínica e gerencial importante, baixe agora nosso e-book gratuito: “Como sistemas automatizados aumentam a produtividade“.

cta_newsletter